Como limpar as patas de cachorro?

Como limpar as patas de cachorro: As pessoas normalmente sabem que seu cão precisa ser escovado regularmente, mas ignoram que limpar as patas dele é uma parte importante da rotina de escovação.

Em caminhadas e brincadeiras diárias no quintal, os pés do cachorro ficam expostos a superfícies ásperas, solo úmido, sujeira, detritos e mais!

Por isso, as almofadinhas na parte inferior das patas do seu cãozinho têm um propósito importante.

Elas fornecem um amortecimento extra para ajudar a proteger os ossos e as articulações de choques.

Além disso, fornecem isolamento contra condições climáticas extremas e ajudam os animais a caminhar em solo acidentado, protegendo o tecido dentro da pata.

Se a limpeza das patas ainda não faz parte de seus cuidados com o cão, é hora de reavaliar isso!

Entenda melhor neste artigo tudo sobre como limpar as patas de cachorro.

O que são as almofadas caninas?

As almofadas das patas caninas consistem em uma camada de pele pigmentada, geralmente rosa ou preta, cobrindo o tecido adiposo.

Como a gordura é isolante, isso dá às patas do seu cachorro um pouco de proteção contra superfícies mais frias no inverno.

Elas também são parte integrante da estrutura do pé do seu cão e funcionam em conjunto com as unhas.

Você pode notar que as almofadas podem ser ásperas e calosas ou lisas e macias – tudo isso depende do terreno em que seu cão caminha regularmente.

Se você leva seu cachorro para passear com frequência ou se ele faz caminhadas regulares no asfalto, as patas ficarão mais calejadas devido à exposição a terrenos mais acidentados.

Se o seu cão é mais velho e não anda muito, ou passa a maior parte do tempo fora correndo na grama, as almofadas das patas provavelmente serão mais lisas (e mais propensas a rasgar quando caminharem em superfícies mais ásperas).

Assim como nós podemos desenvolver calosidades pela exposição a superfícies ásperas, o mesmo acontece com seu cãozinho.

Quando for caminhar com ele, comece com períodos mais curtos de tempo em superfícies mais duras para permitir que a almofada ganhe resistência com o tempo.

Problemas comuns de pata de cachorro

Fedor

As patas dos cães podem cheirar mal por vários motivos.

É comum as pessoas reclamarem de odor fétido nas patas de seus cães. Esse cheiro é de bactérias ou leveduras nos pés do seu cão, geralmente entre os dedos e as almofadas das patas.

Esses microrganismos são normais no corpo, e o sistema imunológico do seu cão funciona para mantê-los em um número controlável.

No entanto, se você está percebendo que as patas do seu cão realmente cheiram forte e mal, é recomendável visitar um veterinário.

Hiperqueratose

As almofadas das patas de seu cão parecem ásperas, grossas ou com crostas? Parece que eles têm pelo crescendo nas almofadas das patas?

Isso é chamado de hiperqueratose canina.

A hiperqueratose pode ser genética ou o resultado de uma outra condição, por isso é importante consultar o veterinário.

Enquanto isso, você deve manter as patas do seu cão hidratadas e protegidas para reduzir o desconforto do animal.

Quantas vezes você deve limpar as patas do seu cão?

Ao contrário de dar banho em seu cão, em que recomendação é pelo menos a cada três meses, não há orientações específicas sobre a frequência de limpeza das patas do cão.

No entanto, considere verificar isso semanalmente. Dependendo do nível de exercício e da estação – verões e invernos intensos podem ser difíceis para as patas do seu animal de estimação, você pode ajustar a programação para atender às necessidades.

Se você costuma levar seu cachorro para passear, por exemplo, pode ser necessário verificar e lavar as patas dele após cada passeio.

Por outro lado, um vira-lata que passa a maior parte do tempo dentro de casa e apenas faz caminhadas leves pela vizinhança pode precisar apenas de uma limpeza a cada duas semanas ou menos.

Como limpar as patas de cachorro e ter uma preparação de limpeza ideal

É importante verificar as patas do seu cão antes de ensaboá-las. É normal que detritos fiquem presos entre as almofadas das patas ou nas unhas dos pés.

Procure por qualquer coisa que não pertença à pata do seu cão, como pedrinhas ou pedaços de vidro quebrados, conchas ou outro material…

Isso também inclui procurar farpas ou qualquer coisa incrustada nas unhas ou almofadas das patas do seu cão. Se encontrar algo, remova com cuidado.

Em seguida, apare o pelo da parte inferior das patas do cão para que não fique emaranhado; isso pode evitar que seus pés cheirem mal e fiquem infectados.

Leia mais: Hidratante para patas de cachorro: Saiba como usar

Como limpar as patas de cachorro adequadamente

Se você já deu banho em seu cachorro antes, verá que é simples fazer a limpeza das patas de um cachorro.

Depois de verificar as patas de seu filhote e aparar seus pelos, molhe seus pés, ensaboe com xampu para cães e enxágue.

Não se esqueça de manter uma toalha por perto para secar as patas do seu animal, para que não escorreguem ou deixem pegadas molhadas pela casa. Nada de bagunça!

Se você quiser fazer uma limpeza rotineira das patas de um cachorro após uma caminhada rápida, apenas limpe suavemente as patas com uma toalha e água.

Como uma opção ainda mais conveniente, você também pode fazer uso de lenços umedecidos que são seguros para cães.

Não se esqueça de aparar as unhas se necessário. As unhas devem terminar pouco antes de tocar o solo.

Se você ouvir algum clique quando seu cão anda, é um sinal chave de que as unhas podem estar muito longas.

Se não se sentir confortável fazendo isso sozinho, peça a um tratador profissional ou ao seu veterinário para fazer isso na próxima consulta.

Considerações finais

Viu como é fácil?

Limpar os pés de seu cachorro é apenas um pequeno aspecto, além de ser uma ótima oportunidade de construir um vínculo com ele.

O cuidado dos pés é tão importante para nossos cães quanto para nós humanos.

Cães podem sofrer de bolhas ou almofadas das patas rasgadas, patas queimadas por andar no pavimento muito quente ou tapetes entre os dedos dos pés.

As almofadas das patas lesionadas tornam o caminhar doloroso e podem infeccionar, e as esteiras entre os dedos dos pés podem causar problemas de locomoção ou uma variedade de problemas de pele se o seu cão lamber.

Imagina o quanto pode ser evitado com cuidados simples! Esperamos que este artigo tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas! Não deixe de acompanhar nossos próximos posts no Blog!